sábado, 24 de novembro de 2007

Post feliz

A minha intenção ao colocar o post anterior foi salientar a preocupação dos autores da Declaração de Independência em afirmar o direito à felicidade dos americanos e, simultaneamente, lamentar a sua ausência noutros documentos fundadores como é o caso da nossa Constituição. Por outro lado, palavras e ideias costumam ser mais belas do que os actos e aí entra a ironia, aplicada não só aos EUA mas a todos os esquecidos da felicidade ou do direito de a ter.
Nestes dias de agressividade capitalista, um ismo que já não sei definir, diz-se que a felicidade, que também não sei definir, foi posta de lado ou é cada vez mais difícil de alcançar. Mas quando é que foi fácil? Quando é que a Humanidade, um povo, ou nós fomos felizes? Houve alguma Golden Age da felicidade?

3 comentários:

Catarina disse...

Creio que nunca houve uma golden age em termos de felicidade individual, depende muito das condiçoes de vida de cada um.

O que me ocorre acrescentar é que não concordo com aquela visão "antes a que era bom"....

avelaneiraflorida disse...

Golden Age????

Isso não rima com FELICIDADE!!!!

Pode ser-se feliz com tão pouco... o problema, para muitos seres humanos, é que não encontram prioridades no caminho para a felicidade...ou escolhem a via mais fácil e ilusória, a sua, a que é mais material e egoísta!!!
Um bom fim de semana!

FL disse...

Nós já fomos felizes... no tempo de D. João II