terça-feira, 25 de março de 2008

Não tenho saldo stôra

Sobre o que se passou com aquela professora de francês e a aluna possessa já muito foi comentado. Todavia, ninguém se interroga o que se terá passado nos momentos que antecederam o exposto nas imagens.
Eu desconfio que para a stôra se agarrar assim ao telemóvel é porque precisava dele para enviar uns sms a convocar colegas para mais uma manif contra a dra. Lurdes.
Com os preços praticados pelas nossas operadoras não admira que a jovem se tenha exaltado.

Obviamente que neste caso a culpada é facilmente reconhecível mas, já que todos temos o direito a apontar o dedo, também quero referir que a professora não precisava de descer tanto o nível. Se ao menos ainda fosse uma Playstation...

1 comentário:

Catarina disse...

a professora devia ter largado o telemóvel, expulsado a aluna da sala e mandá-la ao concelho directivo... a professora ao entrar numa disputa física acabou por perder a autoridade... não sei é como é que se aguentou para não dar um estalo à miúda

e a aluna não devia ter sido transferida... mas sim expulsa... depois os pais a que deviam ser obrigados a arranjar uma nova escola... há que envolver as famílias nas práticas educativas :P